top of page

Nos playoffs: Galo FA vence Vasco Almirantes

Atualizado: 14 de nov. de 2023

O Galo Futebol Americano carimbou seu passaporte à final da Conferência Sudeste e se encaminhou aos playoffs após derrotar o Vasco Almirantes na tarde-noite deste sábado (14).

Entenda o jogo


No Kickoff, o time mandante optou por receber a bola — o alvinegro mineiro surpreendeu na escalação ao colocar C.J Howard de titular, descansando Lucas Caravita para o próximo jogo. A defesa vascaína começou o jogo muito bem, forçando o Galo Futebol Americano a estagnar em segundas descidas consecutivas. Howard, que chamou o jogo terrestre, variou as corridas entre o corpo de recebedores e mostrou frieza ao escalar o pocket. O americano achou Daniel Martins que recebeu e correu para a endzone anotando 7-0 no placar.


Ao receber o chute de retorno, o Vasco entrou em campo, começando na linha de 25 jardas. Porém, Chamone evitou o primeiro drive forçando um tackle for loss para o Gigante da Colina. O time vascaíno sobreviveu em virtude de uma falta contra o time mineiro e tentou imprimir o jogo terrestre. Stutz interveio na jogada, forçando a perda de jardas. Em sequência, a bola ficou pendurada no ar, e Morais conseguiu uma interceptação para o Galo, parando apenas na linha de 4 jardas. Howard chamou a responsabilidade e anotou 14-0.


2º Quarto:


O time Cruzmaltino abusou do jogo terrestre e arriscou uma quarta descida. Não executada com perfeição, o Gigante da Colina obteve um turnvovers-on-down, dando a bola ao Esquadrão. Em seguida, o alvinegro forçou a jogada por terra. Na terceira descida, porém, Howard fez um fake e achou Vilaça livre para anotar 21-0.


O Vasco chegou a estar com os pés plantados em zona de field goal, mas foi barrado em virtude das faltas e perda de jardas. Pelo lado defensivo do clube mineiro, Stutz foi o destaque do jogo.


Apesar de estar com três posses de bola no placar, o Galo Futebol Americano obteve duas desqualificações durante o jogo. Cotô e Tyler foram expulsos e Tim, Quarterback do Almirantes anotou seu primeiro touchdown no jogo, diminuindo para 21-7. Howard ainda tentou uma big-play, porém interceptado. O fim do primeiro tempo deixou o jogo em aberto.



Foto: Clickpix / reprodução

3º Quarto:


A equipe cruzmaltina tentou uma corrida pelo meio, mas foi barrada pelo front defensivo alvinegro. Em seguida, Ryan David lê bem a jogada e força uma pic-six, colocando 28-7 no placar. Durante o jogo, o Galo Futebol Americano utilizou de jogadas terrestres e variou com Vilaça e Gheller. Em situação de pressão, C.J Howard lançou para Daniel Martins ampliar. 35-7.

O Gigante da Colina criou confiança após a expulsão de dois jogadores alvinegros, mas a defesa alvinegra sequer cedeu jardas. Já com o placar dilatado, Ryan David fez as vezes de Running Back. Howard o utilizou e o jogador correu para 42-7.


4º Quarto


O “Coringa” também jogou no time de especialistas e garantiu um retorno espetacular após 3-and-out do time carioca. Ryan parou na linha de 10 jardas do território vascaíno. Neste momento, a comissão técnica achou prudente a troca dos Quarterbacks : Howard deu lugar a Caravita que lançou para Vitor Rhoden. O camisa 11 anotou 49-7 no placar e sacramentou a derrota do Gigante da Colina.


Comunicação | Gabriel Francisco








16 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page